3 Passos para mudar as tuas crenças limitadoras (O processo Dickens)

3 Passos para mudar as tuas crenças limitadoras (O processo Dickens)

3 Passos para mudar as tuas crenças limitadoras (O processo Dickens)

3 Passos para mudar as tuas crenças limitadoras (O processo Dickens)

Fonte imagem: www.pixabay.com

No terceiro dia o Tony Robbins dá seguimento do Condicionamento Neuro-associativo, mas desta vez ele aplica a dinâmica do processo Dickens.

Essa atividade é baseada no conteúdo do livro da autoria de Charles Dickens, e que se transformou no filme chamado “A Christmas Carol”.

Nesse filme o personagem principal é forçado a encarar três situações, que o fará refletir a maneira como tem vivido a sua vida, por causa de suas crenças.

Tony usa essa técnica levando as pessoas a uma viagem na linha do tempo, juntamente com as crenças limitadoras.

Segundo Tony, este processo ajuda-nos a quebrar paradigmas muito facilmente.

Isto é, qualquer crença que tenhas tido no passado, com a qual cresceste e amoldaste a tua visão de vida o podes modificar e substituir por uma nova. Porque o passado não é igual ao presente.

Uma vez de estarmos comprometidos para a mudança, interrompendo o padrão antigo e condicionando-o pelo novo, então podemos pô-lo em prática.

3 Passos para mudar as tuas crenças limitadoras (O Processo Dickens)

3 Passos para mudar tuas crenças limitadoras (O processo Dickens)

Fonte imagem: https://pt.wikipedia.org/wiki/Charles_Dickens

O Processo Dickens é uma viagem na linha do tempo; aquela que conecta o teu passado ao teu futuro. Com o intuito de avaliar cada estádio e ver o que perdemos por causa das crenças limitadoras.

Dickens é uma técnica muito poderosa, que produz efeito, se realmente estiveres disposto a mergulhar nela, do contrário é uma perda de tempo.

Pois é importante identificar, entender e modificar essas crenças limitadoras que nos impedem explorar o nosso potencial, disse Tony.

3 Passos para mudar as tuas crenças limitadoras (O Processo Dickens)

1. Identifca as tuas crenças limitadoras e associa muita dor a essa crença.

2. Cria novas crenças até que se empodere e associa muito prazer a essa nova crença.

3. Condiciona o teu novo padrão muitas vezes, reforça-o para garantir que seja consistente e persista a longo prazo.

Na verdade aqui vamos pôr em prática tudo o que aprendemos no artigo anterior.

Antes de começar o exercício Tony pediu-nos para identificar e anotar as nossas crenças limitadoras no caderno. Aquela que têm vindo a produzir consequências negativas ou não desejadas nas nossas vidas.

Ao princípio, pode não fazer muito “sentido” como foi o meu caso, na verdade pareceu-me algo tedioso.

Mas acredita que, quando se escreve, começa a ter “sentido”, sobretudo quando mergulhamos no processo, porque a tua mente estará mais conectada.

Vamos ao exercício, seguindo a condução de Tony:

1. Começamos com uma agradável e profunda respiração, feche os olhos. Imagina que estás na linha do tempo, onde estás atualmente é o presente.

Atrás é o passado, e a vida que terás se continuas a fazer exatamente as mesmas coisas que fazes agora.

A frente é o futuro, uma vida diferente porque alteraste aqueles comportamentos destrutivos, com novas crenças, atitudes, comportamentos e hábitos.

2. Vamos começar por 5 anos atrás na linha do passado, cinco anos menos na tua vida, pensa nessas crenças limitadoras que seguramente te dificultaram em várias áreas de tua vida.

Imagina quanto elas pesam na tua vida, sente o peso no teu corpo, como elas te puxam para baixo.

Pensa, sente e pergunta-te:

O que aconteceu contigo? Quais são as consequências por ter essas crenças? É essa a vida que queres ter em 5 anos? Ou achas que mereces muito melhor?

Sente o tempo que passou e não fizeste nada! Desperdiçaste cinco anos de tua vida por causa de tuas crenças.

Agora intensifica a dor e avança 10 anos mais, arrasta dez anos de deceção, sente esse peso no teu corpo por causa das limitações dessas crenças.

Sente o desperdiço de dez anos sem alcançar o que tanto desejavas para ti e à tua família.

Pergunta-te:

Como te sentes? Como está a tua vida pessoal, profissional, financeira e emocional? Estás depressivo? Tens dívidas?

Agora fazemos o mesmo, avançamos duas décadas, sempre intensificando a dor. Vinte anos de fracasso na tua vida.

Sente o peso e a dor do fracasso em cima de ti. Sente como estão as pessoas ao teu redor!

Elas estão bem ou mal? Como está a tua vida? Tiveste uma boa vida?

Achas que alguém te recordará? Tens a força necessária para continuar? Estás vivo?

Que sentes: Raiva? Frustração? Desilusão? Coragem? Sente o preço que te custou por não ter mudado.

Entende que é importante que sintas todas as emoções. Agora projeta o teu futuro de maneira clara, real e vivê-lo ao mínimo pormenor.

3. Agora olha para o espelho e observa como te vês:

Estás mais velha ou mais nova? Ganhaste ou perdeste peso? Com mais ou menos energias? Estás mais forte ou mais fraca?

Observa e SENTE!

4. Imagina que estás dentro de uma bolha, e dentro dela há uma série de vídeos claramente organizadas pela linha do tempo, essas representam as nossas memórias de vida até esse momento.

Retira os vídeos negativos e destrói-os. Imagina que tens um ecrã gigante à tua frente, levanta o braço e com a ajuda da tua mão toca-os e elimina-os.

Leva o tempo que for preciso, até que tenhas acabado.

5. Agora vamos a fazer o inverso, pois precisamos de substituir essa dor atual pelo prazer novo, de modo a que o nosso cérebro não tenha dúvidas quando optar por uma delas.

Novamente constrói o teu futuro nos próximos 5, 10 e 20 anos, de forma mais real possível.

Pergunta-te: O que conseguiste? Como te sentes por ter conseguido o que tanto desejavas?

Sente-te feliz por ter feito alterações à tua pessoa. Observa a diferença que há na tua vida agora.

Despende um tempo e desfruta o benefício da mudança.

6. Agora regressamos ao presente, abrimos os olhos, para começar a agir de imediato no futuro da nossa nova vida.

Fica aqui uma ferramenta avassaladora, que podes usar para eliminar uma crença ou comportamento.

Procura um lugar calmo onde consigas trabalhar e parte para a introspeção.

Agora que aprendeste esta técnica coloca-a em ação.

– Identifica as tuas crenças limitadoras juntamente com as consequências que elas causam na tua vida.

– Substitui essas crenças pelas novas, e tudo o que obterás quando o coloques na prática.

O teu like é importante, mas mais importante ainda é entregar conteúdo que agregue valor à tua vida. Espero ter conseguido!

«Bem hajam pela atenção que me deram!» 😉

The following two tabs change content below.
Indira Alva

Indira Alva

Este proyecto surgió cuando estaba buscando una fuente de ingreso extra, quería hacer algo diferente y por internet. Encontré varias formas de hacerlo, pero lo que me motivó a crear este blog, es que haciendo lo que más te gusta junto con el deseo y la pasión lo puedes concretizar. Por eso decidí compartir contigo, todo lo que estoy aprendiendo. No soy bloguera ni tampo problogger, soy apenas una persona que quiere concretizar su sueño y que te puede ayudar a concretizar el tuyo también.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *